Dicas

5 dicas de contabilidade para quem tem uma loja de roupas

dicas de contabilidade

Para quem tem uma loja de roupas, é essencial que fique por dentro de assuntos relacionados à contabilidade. Por isso, separamos 5 dicas que podem ajudar.

DICA #1: USE UM ÓTIMO SOFTWARE DE CONTABILIDADE

É 2022, e você não quer ficar parado com suas finanças no papel ou até mesmo enfiado em um documento do Excel. Em vez disso, escolha um ótimo software de contabilidade que acompanhe todas as suas informações financeiras importantes, informe quando as faturas vencerem e forneça a base necessária para se preparar para o sucesso da sua loja. Não são somente lojas grandes como a c&a que precisam estar atentas a isso, lojas menores também precisam prestar atenção a fatores ligados às finanças e contabilidade.

Idealmente, seu software de contabilidade deve tirar grande parte do trabalho de seu gerenciamento financeiro: rastrear dados financeiros importantes para você, exportar facilmente para planilhas que fornecem informações críticas quando você precisar e emitir lembretes que ajudam a manter suas finanças em dia. 

DICA Nº 2: ACOMPANHE À MEDIDA QUE AVANÇA

Como empresário de moda, você já tem tarefas mais do que suficientes. É fácil deixar as tarefas de contabilidade de lado, especialmente quando você está lidando com prazos apertados, estresse em sua vida pessoal ou aqueles grandes momentos de fluxo criativo quando você está produzindo rapidamente projetos ou cuidando das tarefas que você mais gosta .

Não caia na armadilha de deixar suas faturas e recibos de lado, com a intenção de “checá-los mais tarde”. Se você tem um pagamento chegando ou uma despesa que precisa relatar para ajudar com essas deduções importantes quando chegar a hora do imposto, você deve acompanhar todas essas informações à medida que avança, no local, em vez de esperar até o último minuto .

Ao acompanhar à medida que avança, você reduz as chances de perder pagamentos ou esquecer por engano de colocar as vendas nos livros. E, como resultado, você estará mais organizado e menos propenso a ser pego lutando quando chegar a hora do imposto.

DICA #3: CONSULTE UM CONTADOR SOBRE SUAS NECESSIDADES FISCAIS

Você registrou seus esforços de profissional de moda como um negócio ou ainda trabalha como autônomo? Está separando suas finanças das do seu negócio ou ainda está combinando as duas? Dependendo de como você configurou seu negócio de moda, você pode ter necessidades muito diferentes.

Consulte um contador o mais rápido possível para saber mais sobre quando você precisa pagar impostos, quanto deve sobre sua renda, quais deduções você precisa reivindicar e qualquer outra informação que possa ajudá-lo a ter sucesso.

Seu contador também pode fornecer informações vitais sobre quais dados financeiros, em particular, você precisa rastrear, o que pode impedir que você perca dados importantes para tomada de decisões no futuro.

DICA #4: ACOMPANHE TUDO

Quanto mais dados você rastrear, melhor poderá informar decisões futuras sobre sua marca de moda. Você está pronto para expandir ou precisa continuar no seu nível atual por um pouco mais de tempo? Você atingiu suas metas financeiras para o ano ou precisa fazer algumas mudanças no próximo ano fiscal?

Sem dados sobre suas vendas e despesas, você pode ter dificuldades para tomar essas decisões críticas sobre seus negócios. Certifique-se de manter o controle de tudo, desde o que você paga a si mesmo até suas vendas gerais – sem mencionar os pagamentos que está fazendo aos fornecedores.

DICA Nº 5: ACOMPANHE OS CLIENTES QUE NÃO PAGARAM EM DIA

Uma das coisas mais frustrantes em administrar um negócio, incluindo um negócio de moda, são os clientes que não pagam em dia. Seus distribuidores podem encomendar seus projetos mais recentes, receber sua remessa ou não enviar o pagamento em tempo hábil. Clientes individuais podem fazer um pedido e nunca buscá-lo.

Essas falhas em fazer pagamentos pontuais podem deixá-lo rapidamente em dificuldades, especialmente nos primeiros dias de seu negócio de moda. Experimente alguns destes incentivos:

Fique em contato com os clientes. Clientes particulares – aqueles para quem você está projetando diretamente – precisam saber onde você está no processo de produção e o que eles podem esperar pagar.

Faça um depósito. Antes de começar a trabalhar em um pedido – idealmente, antes mesmo de comprar os suprimentos – certifique-se de fazer um depósito que cobrirá pelo menos o custo dos materiais. Essa etapa simples pode ajudar a proteger suas finanças e mantê-lo à tona, mesmo quando os clientes não pagam em dia.

Ofereça incentivos para clientes que cumprem suas obrigações. Ofereça um pequeno desconto para clientes que pagam em dia, por exemplo. Esse incentivo simples pode incentivar os clientes a colocar o pagamento por seus serviços no topo de sua lista de prioridades.

Perseguir contas inadimplentes prontamente. Esse é o dinheiro que deveria pertencer ao seu negócio que você não pode usar. Prossiga com o pagamento imediatamente para ter esses fundos de volta em suas mãos. Se você precisar tomar medidas legais ou entregar contas a cobradores, certifique-se de tomar essas medidas o mais rápido possível, quando necessário.

Veja outros conteúdo e dicas

Qual a sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Mais ou menos
0
Empolgado
0

Você pode gostar

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.